Tratamento para Guillain Barré: Causas e Medicamentos

A síndrome de Guillain Barré é uma doença considerada autoimune, ou seja, ela não possui cura. Porém com o tratamento adequado é possível minimizar os sintomas e ter uma vida normal.

Essa doença provoca que o sistema imunológico ataque o sistema nervoso e assim são provocadas infecções e inflamações no sistema nervoso. Com isso, é comum que as pessoas que sofrem com esse problema relatem sentir dores musculares. As dores são tão fortes, que muitas vezes impedem quem as sentem de fazer coisas habituais da sua rotina.

Se você que saber mais sobre essa síndrome, como ela surge e seus sintomas, continue lendo o nosso artigo.

Sintomas

Os sintomas da síndrome de Guillain Barré são muito fáceis de serem identificados, uma vez que a maioria deles ocorre de maneira externa. O sintomas podem começar de maneira mais leve, como pequenos formigamentos e dores musculares. E podem ir piorando com o passar do tempo, podendo causar tontura, visão turva, podendo causar até mesmo paralisia.

Outros sintomas comuns são:

  • Enfraquecimento dos ossos
  • Dores locais muito fortes, principalmente nas pernas e braços.
  • Perda de reflexos
  • Em alguns casos as dores começam nos braços e descem para as pernas dando sensação de paralisia.
  • Dormência
  • Aumento da sensibilidade, nas pernas e nos braços.
  • Perda da coordenação dos movimentos.
  • Quedas
  • Palpitações
  • Contrações musculares

Causas

A síndrome de Guillain Barré pode ser provocada pela infecção pelo Zika Vírus. Além disso, ela pode ser provocada por infecções virais ou bacterianas ainda desconhecidas. E isso faz com que o sistema imunológico, que deveria ser responsável por proteger o organismo, passe então a atacar o sistema nervoso e provocar problemas neurológicos.

Com o tempo, a síndrome pode fazer com que o nervo pare de funcionar definitivamente, dependendo do tipo da doença que a pessoa possui.

Infelizmente essa é uma doenças que não possui cura, mas possui alguns tipos diferentes da síndrome e pode se manifestar de maneira distintas em cada pessoa.

Polirradiculoneuropatia Desmielinizante Inflamatória Aguda (AIDP)

Esse tipo da doenças não é muito comum no Brasil, a maioria dos casos relatados são nos Estados Unidos. O principal sintoma é dor muscular que começa nos pés e depois sobre para o restante do corpo.

Síndrome de Miller Fisher (MFS)

Nesse tipo se tem paralisia principalmente nos olhos. Ela atingi pouco mais de 5% das pessoas que relatam ter a síndrome de Guillain Barré e é mais comum na Asia.

Outros tipos

Existem ainda alguns outros tipos da doença, que são manifestados em determinadas regiões do mundo e segundo as pesquisas estão relacionadas com o tipo de vírus que provoca a doença.

Tratamento

Existem tratamentos para a Síndrome de Guillain Barré. Se em fase inicial eles consistem em bloquear os anticorpos que estão atacando o sistema nervoso e assim paralisar o avanço da doença. Mas quando se está em fase bem avançada, em alguns casos pode ser necessário a internação hospitalar.

Já para as dores, são utilizados medicamentos anti-inflamatórios, antitérmicos e até mesmo o uso de narcóticos. Com o tratamento correto é possível que as pessoas que têm essa doença possam ter uma vida normal. Porém a doença não é curada definitivamente.

Deixe um comentário